quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

COMIDA MACRO-VEGETARIANA




Depois das festas há que arrepiar caminho.
O tempo quente aproxima-se, embora a passos muito lentos.
Janeiro foi o mês da reflexão.
O tê-lo passado quase todo em casa também não ajudou.
Mas estamos sempre a tempo de mudar algo na nossa vida.
Para já estou numa de experiências em termos de comida macro-vegetariana: novos sabores, novos alimentos.
Doces sem açúcar e sumos 100 % naturais.
Não desgosto!

6 comentários:

belinhagulosinha disse...

bjokas grandesssssssssss amiga e força aí,jinhosss

Naninha disse...

Pra ficarmos livres dos quilinhos a mais das festas só mesmo com esse tipo de comida.
Beijos

Mocho Falante disse...

queremos saber tudo ah pois queremos....que isto de ter comido que nem uma lontra na época do natal deixou a coisa numa desgraça

beijocas

Ferreira-Pinto disse...

Eh pá, vou ter de ver estes petiscos!
Com olhos de ver ... dieta "oblige"!

Quanto à pergunta sobre a pia baptismal e a Igreja, aquilo é em Tomar na Igreja de S. João Baptista. Penso, contudo, que existe um outro baptistério.

anna disse...

Quando começar a usar o seu wok vai ficar viciada... é um utensílio precioso onde se pode enfiar tudo e fica sempre bem!
Beijinhos.

peace_love disse...

E onde posso encontrar receitas desse género?
Depois de ver o resultado das últimas análises, estou a ver que tenho de começar a comer esse género de comida..