quarta-feira, 10 de junho de 2009

TARTE (SEMIFRIO) DE CEREJAS COM MASCARPONE


TARTE DE CEREJAS COM QUEIJO MASCARPONE

A SAGA DA CAIXA DAS CEREJAS

(PARTE 2)

Parece que nunca mais vejo a caixa vazia.

Por isso ontem tirei-me dos meus cuidados e fiz uma coisa, entre cheesecake e tarte.

Qualquer dia vou candidatar-me ao lugar de "investigadora bolífera"...

Mais uma experiência, mais umas quantas cerejas gastas.

Ora aqui vai :

Ingredientes:

Para a base:

1 pacote bolacha Maria torrada (na 1.2.3 (até ficar o mais fina possível)

200 gr manteiga amolecida.

Recheio:

1 embalagem queijo mascarpone

1 lata leite condensado

1 pacote natas dos pequenos

5 folhas gelatina

Doce cereja (q.b.)

1 pacote gelatina de frutos silvestres (feita apenas com 2 dl de água quente e 2 dl água fria)

Cerejas descaroçadas (q.b)

Como fazer:

Desfazer as bolachas na 1.2.3.

Juntar a manteiga amolecida e amassar tudo muito bem.

Untar o fundo de uma forma amovível com um pouco de óleo embebido num pano.

Forrar esse fundo com uma camada dessa massa e levar ao frigorífico.

Recheio:

Juntar o queijo mascarpone com as natas e com a lata do leite condensado.

Com a batedeira no máximo bater até ficar bem consistente.

Demolhar as folhas de gelatina em água fria.

Escorrer bem e desfazê-las numa colher de leite bem quente.

Juntar a gelatina à massa e bater mais um pouco.

Colocar no frigorífico até ficar bem consistente.

Depois colocar um pouco de doce de cereja (não fiz camada- só o pus em alguns sítios).

Volta ao frigorífico.

Em estando bem frio faz a gelatina conforme instruções da embalagem mas utilizando apenas 2 dl de água a ferver e outros 2 de água fria (ou essa quantidade de água gelada).

Deixa arrefecer bem.

Entretanto descaroçar as cerejas e virá-las com a parte aberta para baixo, sobre uma rede, para que deitem o molho fora.

Colocar uma camada de cerejas sobre o recheio.

Deitar uma fina camada de gelatina, com muito cuidado sobre as cerejas, para elas colarem bem ao creme.

Leva uns 10m ao frigorífico.

Passado este tempo, com cuidado, despejar o resto da gelatina às colheradas sobre as cerejas.

Vai ao frigorífico até ao outro dia.

Tapar a forma até ao momento em que tira o aro , na hora de servir.

NOTA:

Este ano não encontrei gelatina de cereja.

Por isso achei que o sabor melhor para este doce seria o de frutos silvestres.

Acertei !

Depois de tirar as primeiras fatias e até acabar este doce, convém que fique no frigorífico.

Por isso, deve colocar novamente o aro à volta e tapar.

BOM APETITE

E como ainda não acabaram as cerejas, começou a SAGA DOS ALPERCES.

Os primeiros já estão "armazenados" em frasquinhos. Quem ganha são os familiares e amigos.

E ainda bem, senão quem ficava a ganhar era a nossa dentista!

lol lol





3 comentários:

ameixa seca disse...

Hummm, com mascarpone deve ficar uma delícia. Belo aspecto :)

Natércia disse...

Menina está de comer e chorar por mais. Um beijinho...

Naninha disse...

Nossa que lindo e as cores então!
Perfeito!
Beijos querida!