domingo, 20 de setembro de 2009

ROLO DE CARNE EMBRIAGADO




Quando esta manhã estava no talho apareceu lá uma senhora a perguntar se tinha rolos de carne.

Enquanto acabava de me atender chamou o outro talhante e disse: " Faz aqui um rolo de carne para a D.Luisa".

Passado um pouco lá apareceu o homem com um belíssimo rolo de carne.

Nunca tinha experimentado algo do género e fiquei curiosa: se aquilo não se desmanchava, qual o melhor método para cozinhar, etc. .. e tal...

Resolvi tentar a minha sorte com uma nova ementa.

Lá peguei no rolinho da carne picada que entretanto também mandei fazer e até achei que vinha mesmo a calhar acender o forno, pois com a ventania que estava lá fora até dava jeito aquecer a cozinha à hora do jantar.

O talhante deu-me a receita mas....claro, que a alterei.

Fiz assim:

Ingredientes:

1 rolo de carne picada (porco) recheado de queijo e fiambre.

1 cebola picada finamente

2 dentes de alho

sal

1 pitada de pimenta moída na altura

Azeite

Vinho Branco seco

Vinho do Porto

Como fazer:

Juntei a cebola picadinha com o alho e o sal e dividi em 2 partes: com metade fiz uma cama no tabuleiro. Coloquei o rolo da carne por cima e sobre a carne o resto do tempero.

Tapei e deixei no frigorífico a tomar gosto durante algumas horas.

Liguei o forno no ventilado a 180º.

Despejei sobre a carne um cálice de Vinho do Porto e 1/2 copo de vinho branco seco. Por fim um fio de azeite.

Tapei o tabuleiro com papel de alumínio e deixei cozinhar cerca de 1 hora.

Por 2 vezes tirei o papel para ver o andamento da coisa e como estavamos de molho.

Como ele estava a evaporar mais do que eu queria, juntei mais um pouco de vinhos.

Também virei o rolo da carne 2 vezes.

Acompanhamento:

Como tinha muito feijão verde e couve lombarda, era para fazer esparregado com eles.

Mas a preguicite falou mais alto e acabou por não passar de ser apenas uma ideia.

Assim: cozi o feijão verde e a couve bem fininhos .

Depois escorri-os .

Num tacho deitei um pouco de azeite, 1 dente de alho partido fino e 1 cebola pequena igualmente picada fina. Deixei alourar um pouco. Juntei então a couve e o feijão.

E como a minha filha me disse: "isto era bom com arroz".

Ainda fiz um pouco de arroz frito.

6 comentários:

ameixa seca disse...

Também nunca experimentei rolo assim e não me importava nada. Tem um aspecto delicioso com o queijo a derreter no meio :)

Smas disse...

Por acaso há algum tempo que não faço rolo de carne...
Aqui em casa é tudo com arroz...

Smas disse...

Oi...
Por acaso acho que nunca fiz crepes... mas adoro. Tenho e corrigir essa falta :)
Os meus também adoram batatas fritas, eu é que nunca faço.
Bjs

Mocho Falante disse...

Ora tirando o queijo que eu nada gosto até me parece bem

beijocas

Natércia disse...

Oi amiga venho desejar as suas melhoras embora não possa fazer nada pelo pelo menos uma palavrinha a gente fica sempre mais animada.Como isto lhe foi acontecer é como eu os meus ossos estão tão fracos que um destes dias também cai mas graças a Deus não parti nada. Um beijinho muito grande e desejo que melhor rápido para fazer as suas coizinhas...

Baú da Conceição disse...

Ao passar no blog da Natercia, vi que está doidoi, então passei por aqui para lhe desejar rápidas melhoras.

Beijinhos.