domingo, 13 de fevereiro de 2011

BOLO(DE CHOCOLATE) e PUDIM





Se por todo o país chover tanto como aqui na minha terrinha, então hoje é um dilúvio.

E amanhã é um dia especial (para alguns, claro está).

Por isso, e aproveitando este dia para ficar em casa, esta receita vem mesmo

a propósito, pois convém ser feita de véspera. E amanhã é dia de surpreenderem os vossos amores com algo diferente. Uma coisa que, como se costuma dizer” nem é carne nem é peixe” ou melhor, é as duas coisas: bolo e pudim.

Há muito que andava a pensar fazer algo do género. Mas tinha receio que

ao desenformar se partisse.

Ultrapassado este medo de longa data e mangas arregaçadas na cozinha, acho que a experiência não foi mal sucedida.

Mas parece que vai um problema a resolver na hora de o servir: se uns gostam de bolo e pudins, o meu filho não come pudins. Mas adora bolo de chocolate!

Portanto, também não faz mal: ele come a parte do bolo da fatia dele e da minha e eu como as 2 de pudim.

Lol lol

Mas a “obra” começou mal.

Apenas tinha açúcar amarelo e quando tentei fazer o caramelo para barrar a forma, não consegui. Nunca desfazia. Se lhe juntava um pouco de água a ferver, ele desfazia sim, mas logo que a água evaporava um pouco voltava a ficar aos torrões de açúcar.

Ora, para barrar a forma, o caramelo não podia ficar bem líquido. Por isso: forma lavada e barrada com caramelo líquido dos frascos ROYAL.

Medidas utilizadas: chávena medida com o equivalente a 2dl de água. Uma forma de 28 cm de diâmetro (mas podia ter sido 1 ou 2 números abaixo). Havia a dúvida do bolo crescer muito, mas nem por isso.

Vai ao forno a cozer em banho-maria (a água deve estar a ferver quando se lhe coloca a forma).

Forno pré-aquecido 5 m a 180º, sendo esta a temperatura de cozedura, em forno ventilado.

O tempo: 30m (porque fiz o teste do palito e as duas partes estavam cozidas). Mas convém estar atento.

BOLO PUDIM

Forma- barrada com caramelo

Ingredientes:

Bolo:

100 gr manteiga à temperatura ambiente (Usei Nova Açores)

4 ovos grandes

1 chávena de açúcar amarelo (usei Sores)

6 colheres de sopa de chocolate em pó (usei Pantagruel)

1 chávena e meia de farinha de trigo (usei Super fina Branca de Neve)

½ chávena de leite Nova Açores

1 colher sobremesa de fermento em pó (usei Royal)

COMO FAZER:

Bater muito bem os ovos inteiros com o açúcar e a manteiga.

Juntar a meia chávena de leite.

Acrescentar a farinha misturada com o fermento e bater bem.

Por fim juntar o chocolate e bater mais um pouco.

(a massa deve ficar com a consistência normal de bolo. Mas se a achar muito espessa pode juntar mais 1 ou 2 colheres de sopa de leite e ligar bem)

Despejar numa forma caramelizada.

Reservar.

PUDIM:

Ingredientes:

1 lata de leite condensado (usei Nestlé –leite cozido-)

1 medida e meia (da lata de leite condensado) de leite meio gordo (usei Nova Açores)

4 ovos

Como fazer:

Bater muito bem os ingredientes todos juntos.

* * * * * * * * * * *

Despejar, em fio, a massa do pudim sobre a do bolo. (Eu despejei-a com uma concha sobre o redondo do meio da forma).

Esta massa, por ser mais pesada que a do bolo vai para o fundo.

Colocar então no forno, num tabuleiro com água a ferver.

(Não esquecer que deve pôr nessa água o sumo de 1 limão para a forma não ficar manchada com o nível da água do tabuleiro)

Não convém ir ao frigorífico para que o bolo não fique rijo.

Deve ficar na forma, de um dia para o outro.

(Como o caramelo que usei era de frasco, ao desenformar, mergulhei por breves instantes a forma em água quente. Desenformou lindamente).

BOM APETITE

2 comentários:

Belocas disse...

Huummm! Eu gosto do bolo e do pudim, vou anotar a receitinha no meu caderno especial.
Bjs e boa semana

Alcina disse...

A primeira vez que ouvi falar deste bolo pudim pensei que a pessoa em causa não regulava bem da cabeça hehe mas depois voltei a ouvir e experimentei e adorei, com chocolate ainda não experimentei, mas fica a nota :-)