quarta-feira, 6 de julho de 2011

PIZZA CASEIRA - 2 VERSÕES





Contam-se pelos dedos as vezes que comemos pizza em qualquer loja da especialidade.

Raramente é certo, mas já algumas vezes as fizemos em casa.

E são, de longe, as nossas preferidas.

Além de escolhermos os ingredientes ao nosso gosto elas acabam por não ser quase só a massa da base como tantas vezes acontece quando as compramos já feitas.

Geralmente e isto porque “o seguro morreu de velho”, e para encurtar tempo, a base costuma ser comprada já feita.

Gostamos da massa bem fina e depois de mais algumas esticadelas com o rolo da massa, ela acaba por não ficar mal de todo.

Desta vez foi diferente.

A minha filha andava há tanto tempo a dizer que ia fazer pizza mas que também fazia a base.

E passando das palavras à acção, e depois de um fim de semana falhado de praia, em que o sol e o tempo quente andaram fugidos, houve tempo mais que suficiente para experimentar uma pizza totalmente caseira.

Ou melhor: duas.

Nada como a fartura!

Resultado final: aprovadíssimas!

Tanto que contava ter refeição para nó as duas no dia seguinte, mas tal não aconteceu.

Os elogios foram muitos e sendo assim, acabaram-se as pizzas feitas em casa com massa já comprada feita, pois a massa base ficou mesmo muito bem.

PIZZA

Para a massa:

5oo gr de farinha tipo 55 sem fermento (deu para 2 pizzas grandes)

Um pouco de sal

4 colheres de sopa de azeite

1 colher de sopa de açúcar

3 dl de água

1 pacote de levedura de 25 gr.

Como fazer:

Desfazer a levedura(fermento) num pouco de água morna. Juntar o açúcar.

Noutro recipiente juntar o sal ao azeite e juntar a restante água.

Abrir um buraco no monte da farinha e deitar o fermento já desfeito.

Juntar os restantes ingredientes e amassar e sovar bem a massa

Quando ela estiver bem batida e sovada e com aspecto de massa elástica, deitar num alguidar passado por um pouco de óleo. Tapar com um pano e colocar num sítio que não seja frio. (ela colocou-o dentro do fogão – não aquecido- e deixou ficar durante cerca de duas horas a descansar).

Findo este tempo, trabalhar a massa sobre uma mesa de pedra, previamente polvilhada com farinha. Sovar bem. Esticar várias vezes e em vários sentidos com o rolo da massa.

Colocar a massa num tabuleiro e colocar os ingredientes a gosto.

Para o recheio: comum às duas pizzas

Para cada pizza: uma embalagem pequena de concentrado de tomate – usei Compal

Uma embalagem de queijo Mozarella (250 gr)

Oregãos


Pizza vegetariana:

Courgetes pequenas e partidas o mais fino possível.
Pimento vermelho fatiado bem fino
Queijo Feta aos bocadinhos (partido com a mão)

De Fiambre com ananás

Ananás partido aos pedacinhos pequenos

Fiambre –(compramos já cortado em cubos)

Cebola em fatias finíssimas

Forno:

Pré-aquecido durante 10 m.

20 minutos (mais ou menos a cozer)

podem ver a massa base ficou bem fina)

2 comentários:

Ana Rita disse...

Ficou uma optima base!!!Eu gosto delas mais grossinhas mas ainda dava uma trinca na tua, mas já sei que não há!!!

bjoka
Rita

ameixa seca disse...

Só como pizzas caseiras, incluindo a massa que faço na máquina do pão :) São as melhores!