quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

BROINHAS DE BATATA DOCE E AMÊNDOA




Nada se faz sem esforço, sem paciência e sem gosto.
Esta receita é um exemplo vivo disto.
Há muito que andava com vontade de experimentar, mas achava que não era capaz. Já várias vezes referi em ocasiões anteriores que eu , as bolachinhas, bolinhos, biscoitos e afins não nos davamos bem. Os resultados eram sempre desastrosos.
Mas desta vez enchi-me de coragem (e tempo) e pus as mãos à obra.
Posso dizer que no final fiquei bastante satisfeita com o resultado final.
Elas ficam muito saborosas, macias e com um sabor muito delicado.
O maior problema que tive foi mesmo na hora de as moldar para colocar no tabuleiro.
Isto talvez porque foram as primeiras.
Mas certamente não vão ser as últimas.
Quanto a mim o maior problema com o qual me deparei foi a quantidade de massa a utilizar em cada broinha.
As primeiras cresceram... cresceram... e ficaram mais parecidas com bolachas.
No 2º tabuleiro já as fiz mais pequenas mas ainda eram grandes.
Por fim, quando já estava a atinar com a quantidade de massa a utilizar, e o tamanho estava perfeito, eis que acabou a massa.
Por isso, para a próxima já sei.

DICAS:
Na receita não dizia que tipo de farinha se devia utilizar.
Utilizei Branca de Neve.
Como ela tem fermento, daí o "crescimento" das mesmas.
Portanto: no futuro fazer com farinha sem fermento.
Para tender:
a massa não fica demasiado consistente. Por isso, a melhor maneira é usar o processo dos pastéis de bacalhau :2 colheres .
Para prevenir qualquer eventualidade na hora de retirar as broas do forno, quando tinha a massa pronta na colher e antes de a colocar no tabuleiro, coloquei um pouquinho de farinha no cimo da massa. Depois, com a outra colher, fiz deslizar a massa para o tabuleiro, tendo o cuidado de deixar a parte enfarinhada virada para baixo, em contacto com o tabuleiro.
O certo é que resultou mesmo, pois não pegaram nada
São descoladas com uma espátula (preferência madeira ou silicone) assim que saem do forno.

O tabuleiro deve ser forrado com papel vegetal untado com um pouco de manteiga e polvilhado com farinha.

Compramos estas broinhas durante largos anos a uma senhora de muita idade.
Como eram tão apreciadas pedimos a receita. A senhora nunca a deu, pois dizia ser uma receita familiar , mas que um dia a daria.
E acabou por o fazer, numa altura em que já não tinha condições para as fazer.
E como as coisas antigas são as melhores...
Experimentem e deêm a opinião.

INGREDIENTES:
500 gr batata doce
350 gr açúcar (usei amarelo) passado por uma peneira
150 gr de amêndoa ralada muito fina
125gr farinha de trigo
75 gr de farinha de milho fina
2 colheres sobremesa de manteiga
2 colheres de chá de mel
raspa fina de 1 laranja grande e um limão
2 gemas para a massa
+ 1 ou 2 gemas de ovo para pincelar antes de irem ao forno

Como fazer:
Cozer a batata doce com a casca.
EScorrer, tirar a pele, cortar às rodelas e reduzir a puré utilizando o passe vite .
Levar o puré ao lume brando e juntar o acúcar e a manteiga.
Mexer sempre.DEpois de levantar fervura deixar ferver mais 1 minuto
Tirar do lume e deixar arrefecer.
JUntar a amêndoa ralada fina, as raspas da laranja e do limão, as gemas de ovo e o mel.
Ligar tudo muito bem.
JUntar as farinhas .
Levar novamente ao lume para a farinha cozer, mexendo sempre.
Passar a massa para uma taça e quando arrefecer, levar ao frigorífico.
Deixar ficar entre 2 a 4 horas.
Depois, colocar um papel vegetal no tabuleiro, untar com um pouco de manteiga e polvilhar com farinha. Sacudir.
Tender as broinhas e colocar no tabuleiro, bastante separadas umas das outras.
Pincelar com gema de ovo batida.

O forno já deve estar quente.
Como a massa já foi cozida anterioremente, o tempo de cozedura é pouco.
Quando a parte de cima das broas apresentarem uma cor bem coradinha pode retirar.

Cozinhei a 220º cerca de 10m

7 comentários:

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

E olha que ficaram bem bonitinhas amiga...muito boas...valeu a experiência....bjokitas

Smas disse...

Olá, amiga! Bom Ano!
Eu costumo fazer umas broas parecidas com estas que ficam deliciosas, mas quero experimentar estas, ainda por cima uma receita antiga. Adoro esse tipo de receitas.Bjs

Ginja disse...

Que boa receita! Adoro este tipo de broinhas :) Com esforço e carinho tudo se alcança!
Um beijinho.

Ameixinha disse...

Nunca fiz broas de nada, tenho muita preguiça de fazer biscoitos. Opto sempre por bolos ou pães porque é só colocar numa forma e levar ao forno, não tenho que andar a fazer montinhos de massa nos tabuleiros :)

vitamina-abc disse...

Pois...isso melhora com a experiência, o que é preciso é não desistir. Estão com bom aspecto, imagino sabor!!!!
Bjs

Anônimo disse...

Olá,
Descobri este blog por acaso, e tenho que dar os parabéns pelas receitas apresentadas que têm óptimo aspecto.
Esta receita em particular chamou-me a atenção pois adoro broas com batata doce, mas fiquei com uma dúvida: na receita diz "juntar a amêndoa ralada fina", mas nos ingredientes a amêndoa não está mencionada!
Mas de certeza que se levar amêndoa e batata doce devem de ser excelentes!
Bjs

turbolenta disse...

Resposta a anónimo:
A pressa é inimiga da perfeição e por vezes escapam alguns elementos essenciais nas receitas.
Já rectifiquei.
Peço desculpa pelo lapso.