quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

COSTELETAS DE BORREGO COM ESPARREGADO





Posso dizer que há muitos anos que não entravam cá em casa.

Mas um destes dias, quando fui ao talho, elas estavam mesmo a rir-se para mim. O aspecto era tão bom, que eu pensei:…Bem….é hoje!

Confesso que aquele seu cheiro tão característico, também me afasta um pouco desta carne. Por isso, eu tinha de contornar esta questão, de modo a que “me enganasse” o olfacto

E porque havia muita nabiça no frigorífico, acabei por optar pelo acompanhamento de esparregado (para a acabar mais depressa)

COSTELETAS DE BORREGO COM ESPARREGADO DE NABIÇAS

Ingredientes:

Costeletas de borrego

Sumo de 1 laranja grande(ou 2 pequenas)

½ cálice Vinho do Porto

2 colheres sopa de concentrado de tomate

Azeite

Alho

Cebola

Pimenta (moída na altura)

Sal

Coentros

Como fazer:

Partir o alho, cebola, os talos dos coentros muito fininhos (sem as folhas) e juntar o sumo laranja, V. Porto, azeite , o concentrado de tomate e muito pouco sal e a pimenta a gosto.

(cuidado que os talos dos coentros picados, acabam por deixar a carne com aspecto de salgada. Também são eles e não as folhas que dão mais gosto aos cozinhados)

Juntar todos os ingredientes.

Mexer bem e juntar então as costeletas, bem direitas

Levar a lume brando, sempre com o tacho tapado.

(Se no final o quiser com mais molho, pode juntar um pouco de água a ferver)

ESPARREGADO:

Ingredientes:

Nabiças

Sal

Azeite

1 dente de alho picadinho

1 pacote leite dos individuais (ou 1 copo médio bem cheio)

1 pitada pimenta branca(se gostar)

2 colheres sopa farinha trigo

Vinagre (a gosto)

Como fazer:

Lavar a nabiça e partir fina.

Quando a água estiver a ferver, com o sal, deitar a nabiça ( previamente passada por água bem quente). Mexer e tapar até ferver bem.

De seguida destapar e mexer, de vez em quando.

Deve ter o cuidado de não deixar cozinhar em excesso.

Em estando cozida, deitar num escorredor, para que perca toda a água da cozedura.

Entretanto, no tacho onde a cozeu, deita cerca de 1 dl de azeite e o alho finamente partido( se preferir pode parti-lo em fatias para depois o retirar)

Se gostar, junta uma pitada de pimenta

Quando o alho alourar levemente, junta a nabiça. Mexe

Retira do lume e com uma colher faz um buraco no meio da nabiça e junta aí o leite de uma só vez. Junta logo a farinha no leite e mexe muito bem.

Põe novamente ao lume e mexe energicamente para juntar tudo muito bem.

(se gostar do esparregado mais mole, pode juntar agora um pouco mais de leite)

Quando tiver a consistência desejada, retira do lume.

Junta então o vinagre a gosto, mexe e serve logo.

Nota: feito desta maneira, o esparregado fica sempre com um aspecto bem verdinho, bem diferente daquela cor amarelada com que tantas vezes nos o apresentam nos restaurantes.

BOM APETITE

7 comentários:

Nani do Paulo disse...

Hummm receita com aspecto maravilhoso, eu quero!
Beijos

anna disse...

Bem, eu cá gosto das costeletas de borrego. Os perfumes que lhes juntaste quase chegam aqui, à minha cozinha...
Beijokas.

Célia disse...

eu gosto do piteu é pena aqui em casa ser a unica.

Alfredo Caiano Silvestre disse...

Acredito que esteja muito bom.

Esparregado de nabiças é uma boa ideia!

Agora as costeletinhas vão ser temperadas apenas com sal e postas sobre o calor das brasas até ficarem coradinhas como noiva virginal em dia de núpcias.

(Acho que comento aqui pela primeira vez mas não é a primeira vez que o leio. Gosto do teu blogue.)

Marizé disse...

Que maravilha, adorei o tempero!

Beijocas

Migas disse...

Somos duas! Também já não como à uns anos... Esse pratinho com o esparregado, ficou mesmo ao meu gosto! :o)

Beijinhos

maria-joão disse...

Ora pois bem. Como visitante assidua deste blog julgo-me no direito de exigir umas costeletas de qualquer outro bicho com um esparregado de qualquer outra planta. Pode ser?